quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Como fazer arroz

Fazer arroz é o que existe de mais básico para qualquer pessoa que pretende se alimentar por conta própria. Afinal, o arroz é a base da alimentação para cerca de 2,4 bilhões de pessoas no planeta segundo o site da Embrapa.
A receita é simples, mas é preciso algum tempo de prática até que você consiga acertar o ponto e fazer um arroz soltinho.

Dificuldade: Fácil

1º passo: Ingredientes:
  • Um copo de arroz.
  • Um dente de alho, amassado ou muito bem picado.
  • Uma colher de óleo.
  • Três copos de água.
  • Meia colher rasa de sal.
  • Opcional: uma colher de cebola picada.

2º passo: Em uma panela, coloque o óleo e leve ao fogo médio. Em seguida coloque o alho e a cebola e mexa até começar a ferver.

3º passo: Antes que o alho e a cebola fiquem dourados, coloque o arroz e misture bem ao óleo, para que ele fique soltinho ao final do preparo.

4º passo: Adicione a água e o sal, misture, aumente o fogo e espere até que o nível da água fique abaixo do nível do arroz.

5º passo: Quando o nível da água ficar abaixo do arroz na panela, baixe o fogo para médio, adicione mais água até cobrir o arroz e tampe a panela.

6º passo: Quando a água secar, desligue o fogo e o arroz está pronto para ser servido.

Seguindo estes passos, você não vai ter problemas para comer um arroz soltinho e gostoso já na primeira vez, mas, com o tempo você vai se aperfeiçoando e logo vai estar preparando sem dificuldades um arroz de primeira.

A marca e o tipo do arroz são muito importantes para o resultado final.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Como parar de fumar

Parar de fumar é um grande desafio para milhões de pessoas no mundo todo. O cigarro causa três tipos distintos de dependência: dependência química (por causa da nicotina), dependência habitual (pelo hábito de pegar o cigarro, acender e tragar) e dependência psicológica (por achar que precisa do cigarro). Muito bem, então, para abandonar o vício do cigarro, você precisa tratar dos três vícios simultaneamente. Vamos tentar?

Vamos nos livrar dos vícios na ordem inversa, pois assim, estar livre de um vício diminuíra a necessidade do outro.

Dificuldade: Difícil

1º Passo: Psicológico. Para parar de fumar, você precisa acreditar que pode fazer isso. Você precisa entender e aceitar que não precisa do cigarro para sobreviver. Pense, diga pra você mesmo na frente do espelho, grite se for preciso. Você não precisa do cigarro para viver!
Não se desespere, algumas pessoas precisam de algum tempo para absorver idéias novas. Apenas não deixa a ideia de lado. Todos os dias, várias vezes por dia, faça esse exercício. Diga para si mesmo que não precisa do cigarro, explique o porque vai ser tão importante para você se livrar desse vício. Logo você vai começar a perceber que está aceitando essa ideia com mais facilidade, e quando isso acontecer você está pronto para o próximo passo.

2º Passo: Hábito. Agora que você já 'entende' que pode viver sem o cigarro, está na hora de começar a se livrar do hábito de fumar. Comece adiando a compra do cigarro. Eu tenho certeza de que ninguém traz o cigarro para você sem que você tenha tomado a iniciativa. Então, quando você perceber que está ficando sem cigarros, ao invés de imediatamente sair para comprar mais, espere. Comece esperando um pouco, e tente aumentar este intervalo o máximo que puder.
É difícil eliminar um hábito de um dia para o outro, mas, se você fizer isso de forma gradual, vai diminuir a quantidade de cigarros consideravelmente.
Mesmo tendo cigarros ao seu alcance, toda vez que sentir a vontade de fumar, deixe a vontade passar, adie o momento de fumar. Assim, aos poucos, sua mente vai se sentindo livre desde hábito.

3º Passo: Se libertar da dependência química das substâncias contidas no cigarro, não é tarefa simples. E não se deve acreditar que seu corpo vai deixar de sentir falta dessas substâncias em alguns dias.
Quando sentir falta, seu corpo vai 'reclamar', e vai te fazer querer fumar desesperadamente, mas, a boa notícia, é que essa 'vontade', essa dependência, se torna mais fraca a cada dia que você passa sem o cigarro. Então, seja forte, e resista, um dia de cada vez. E, caso não tenha forças, não desanime, um cigarro não pode te fazer desistir.

Eu fumei por 9 anos, cerca de um maço de cigarros por dia, e, quando decidi que não precisava mais disso, segui os passos descritos acima, e fico feliz em dizer que já não fumo há cerca de 2 anos.
As primeiras semanas foram insuportáveis, e nos primeiros meses ainda sentia falta do gosto da fumaça, mas, hoje, eu sinto enjoo quando penso em fumar.
Siga os passos, com força de vontade, a vontade deve vir de você. Eu consegui e tenho certeza de que você pode também =)

Não deixem de comentar!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Como construir um futuro melhor

Dificuldade: Desafiador.

Para construir um futuro melhor, para você e para todos os brasileiros. Basta que todos votem com consciência.

Usem o Google, pesquisem sobre os candidatos nos quais pretende votar, pesquisem quais os melhores candidatos para representar sua região e seus interesses. Faça seu voto valer a pena.
Esteja envolvido, pergunte para quem conhece. Use a cabeça.

Voto é coisa séria, e depois não adianta ficar reclamando de corrupção e problemas no país. A hora de reivindicar é agora!

Político é gente e gente não é tudo igual!

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Como se dar bem na balada

Vida de solteiro é complicada. Temos de nos reinventar e descobrir sempre novas formas de atrair atenção do sexo oposto. Estamos constantemente em busca de um pouco de carinho e atenção...
Mas é legal e até muito gostoso esse 'jogo' de conquista e sedução. E as baladas são um 'tabuleiro' desse jogo. Nas baladas as pessoas estão muito mais abertas a novos relacionamentos, estão muito mais acessíveis. Então sigam as dicas e vão se dar muito bem!

Dificuldade: Fácil.

1º Passo: O seu sucesso ou fracasso na balada é definido muito antes das luzes se apagarem e a música começar. Começa na sua casa! Prepare-se bem. Cuide dos detalhes. Nunca se sabe até onde essa noite vai te levar, então, esteja preparado(a). Capriche no visual, mas sem exageros. Chamar atenção demais não é obrigatoriamente bom!

2º Passo: Escolha bem os amigos. Suas 'companias' ajudarão as pessoas a te identificarem. A frase: 'Diga me com quem andas e eu te direi quem és!' ilustra bem o que estou querendo dizer. Então, se não tiver as companias certas vá sozinho! 'Antes só do que mal acompanhado!' E aproveite para fazer novas amizades na balada.

3º Passo: A primeira impressão. Pense bem na impressão que quer causar nas pessoas. Ser legal, simpático(a) é muito bom, mas tome cuidado com os exageros! Tente não falar alto demais e nem queira chamar atenção demais para você, pois você corre o risco de causar a impressão errada. Seja espontâneo(a), seja você mesmo, sem se preocupar demais na imagem que terão de você, pois se você for natural, a imagem que terão será a 'sua'!

4º Passo: Dose certa! Para algumas pessoas é legal beber na balada. Pra se soltar mais, perder a timidez, dançar, descontrair, e isso é muito bom. Porém, muito cuidado com os exageros, porque algumas doses a mais e você pode acabar estragando sua noite. O ideal é beber o mínino possível, somente para se soltar um pouco mesmo, se sentir mais leve e alegre, mas evite passar disso!
Vai ser muito mais difícil conhecer alguém interessante se você estiver vomitando no banheiro ou desmaiado(a) pelos cantos.

5º Passo: Na pista. Nada de ficar encostado pelos cantos. Se você foi pra balada, então tem de cair na pista! É na pista que as coisas acontecem. É na pista que você vai mostrar quem você é, e o que você quer.
Não se sinta intimidado(a), é só acompanhar o ritmo da música. Ninguém precisa ser dançarino profissional para fazer bonito na pista. Nem precisa aprender passos de dança nem nada disso. Só por estar na pista e 'vibrando' no ritmo da música você já vai estar indo muito bem. Pode acreditar.

6º Passo: Chegando junto. A música tá bombando, as luzes estão te deixando zonzo(a) e feliz, todo mundo pulando no mesmo ritmo, tudo parece surreal e mágico. Não perca tempo! Se você está querendo conhecer alguém interessante, ou pelo menos ter alguns 'casos' nessa balada, não perca tempo.
Enquanto está dançando, ou conversando com amigo(a)s ou bebendo, esteja sempre atento(a) às pessoas ao seu redor.
Olhos nos olhos, sem hesitação. E se rolar um clima, não perca tempo, chegue junto, demonstre que está interessado(a).
Aproxime-se. Não precisa ter nada ensaiado para falar. Apenas chegue perto. Gestos falam mais do que palavras. Muitas vezes o beijo vem antes das palavras. E não se preocupe, você vai saber o que falar se for necessário. Mas não fale demais, nem deixe ele(a) falar demais. Meia dúzia de palavras trocadas são mais do que o suficiente para que os dois saibam se vai rolar ou não! E se não rolar, bola pra frente. Não dá pra fazer gol sem chutar.

Isso é tudo galera! Seguindo essas dicas fica difícil não se dar bem na balada, e olha que tanto faz o estilo de balada. As regras são as mesmas tanto para baladas eletrônicas quanto para pagodes ou micaretas. O importante é ser espontâneo e estar aberto às possibilidades.

Ah, só não esqueça de anotar os telefones dos melhores beijos, se não você corre o risco de nunca mais encontrá-los ;)

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Resultado da primeira enquete

Nossa primeira enquete (Sobre o que deveríamos escrever?), resultou em empate entre (Relacionamentos) e (Conhecimentos Gerais).

Obrigado pela participação!

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Como ser o melhor amigo do seu cão

Os cães são, certamente, os melhores amigos dos homens. Eles nos amam incondicionalmente, e eles nos olham como se fossemos o centro de todo o universo. Mas como podemos retribuir a este favor? Leia este 'aprenda-a-fazer' para aprender como se tornar o melhor amigo do seu cão.

Dificuldade: Fácil

1º Passo: "Brinque com seu cão".
Os cães são, por natureza, animais muito sociáveis. Um cão que é ignorado ou forçado a passar a maior parte de seu tempo sozinho é um cão infeliz. Brinque com seu cão - brinque de jogar a bola, de cabo-de-guerra, de luta livre, ou apenas demonstre amor e afeição no dia-a-dia.

2º Passo: Dê ao seu cão muitos brinquedos".
Pode ser uma bola, um brinquedo para morder, ou uma corda, muitos cães adoram sair correndo o dia todo com um brinquedo, mordendo ele. E, dando ao seu cão vários brinquedos para que ele fique intretido o dia todo, vocÊ vai reduzir drasticamente o tempo que ele terá para morder suas coisas.

3º Passo: "Socialize seu cão com outros animais".
Cães são 'desenhados' para serem animais compactos. Então, naturalmente,
eles têm um forte desejo de se associar e "correr" com outros cães. E, deixando com que seu cão interaja com outros animais, isso vai fazer dele um animal muito mais feliz e estável.

eHow

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Como ser o melhor em uma entrevista de emprego

Boas referências, ok. Excelente Currículo, ok. Mas você acha que isso é o tudo o que você precisa para conseguir aquele emprego que você tanto quer? Não!

Na verdade, é a entrevista que vai definir se você vai ou não conseguir o emprego. E essa é a razão pela qual você precisa impressionar os entrevistadores. E aqui vão algumas dicas interessantes para você aumentar suas chances de sucesso.


Dificuldade: Fácil

1º Passo: "Não memorize as respostas".
Em primeiro lugar, porque você pode esquecer o que você queria dizer ou você pode se atrapalhar durante a entrevista. Respostas espontâneas são muito mais eficazes e irão te ajudar a conseguir mais pontos. Além disso você será mais "natural".

2º Passo: "Esteja preparado para as perguntas mais frequentes".
Não seja pego de surpresa por uma questão que você já devia estar esperando. Por exemplo, "Fale-me sobre você.". Esta é talvez a mais comum das perguntas feitas em uma entrevista. E geralmente ela é feita logo no início da entrevista, então, esteja sempre preparado para esta questão. Outras questões muito frequentes são: "Porque você quer trabahar para nós?" e "Qual sua pretensão salarial?".

3º Passo: "Não seja muito pretensioso ou arrogante".
Muitos candidatos vão para as entrevistas muito cheios de confiança, o que pode ser interpretado como arrogância. Confiança é bom, mas arrogância não! Então, se sinta seguro de si, isso é o suficiente. Em outras palavras, demostre confiança com uma dose de humildade.


4º Passo: "Sempre faça perguntas ao entrevistador".
Este é um dos maiores erros da maioria dos candidatos. Quando o entrevistador te perguntar se você quer fazer alguma pergunta para ele, nunca diga: "Não, não tenho nenhuma pergunta.". Este é um grande erro! Nenhum entrevistador vai contar tudo o que você precisa saber sobre uma vaga ou empresa, então, você precisa perguntar. Faça algumas perguntas sobre a empresa, ou tire algumas dúvidas a respeito do que já foi conversado. Não fazer nenhuma pergunta ao entrevistador seria seu erro fatal.

5º Passo: " A recepcionista ou a primeira pessoa que te atender quando você passar pela porta é seu amigo".
Muitos candidatos cometem um grande erro quando pensam que a recepcionista da empresa não é importante. Pois esta pessoa será a primeira a ter uma primeira impressão sobre você. E a primeira impressão é a que fica, então é bom tomar cuidado. Sempre seja educado e simpático com todas as pessoas que você encontrar dentro da empresa, pois você não sabe quem elas podem ser.

eHow